r27m8gbfovcjngjbel8myi3oz9adwl
(+351) 21 386 04 14

B-law e VE

13 jul – A prevenção de branqueamento de capitais no setor imobiliário

Tópicos abordados

Se atua no setor imobiliário, provavelmente já contactou com a legislação e regulamentação relativas à prevenção de riscos de branqueamento de capitais e do financiamento do terrorismo. Mas será que está a cumprir devidamente as suas obrigações? E sabia que a lei obriga a que as entidades que exerçam atividade imobiliária façam formação específica e regular em prevenção destes riscos? Não perca esta oportunidade de consolidar os seus conhecimentos nesta matéria.

Programa

– Quais as entidades do setor imobiliário abrangidas pelo sistema PBCFT

– Os deveres das entidades que exerçam atividade imobiliária, em especial o dever de identificação e diligência e o dever de comunicação de operações – em que consistem e como devem ser cumpridos

– A verificação do cumprimento dos deveres por parte do IMPIC e o papel das outras autoridades que integram o sistema PBCFT – UIF e DCIAP

– Procedimentos de identificação e diligência de pessoas singulares, pessoas coletivas e beneficiários efetivos

– Quando devem ser adotadas medidas reforçadas de identificação e diligência

– Indicadores de suspeição no setor imobiliário

– Indicadores de ocultação de beneficiários efetivos

– Situações práticas

Data

13 de julho das 14:00 às 16:30 (via zoom)

Preço

75€ Assinantes VE e 85€ público em geral

Formador

João Rodrigues Brito, advogado e associado principal na Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados

 

 

 

Contact Us
Ficha de inscrição
Maximum upload size: 8MB
Privacidade *